Número total de visualizações de página


Simplesmente... EU !!!!

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Tu




Conheci-te sem esperar,

Encontrei-te sem procurar,

Pareces um sonho do qual,

Não quero acordar!!!!

Aí veio,

Aquele suspiro,

tão querido e sentido,

Quase que escondido,

naquele instante,

já esquecido...

Fazendo de cada atitude,

de cada gesto,

de cada sentimento,

Uma oportunidade que te dou e darei...

Conhecer-me-ás,

E crê em mim qdo te digo...

Não te arrependarás !!!!

Estás em mim

Escrevo-te ao som do corpo que treme e geme, que grita teu nome em prantos suaves de um carmim intenso. Escrevo-te neste livro branco cheio de folhas vazias, como se desenhasse teu corpo em devaneios e loucuras. Nesta carta expresso-te... qual amor, ardor intenso que meu corpo em chama projecta no astro. Firmamento iluminado por mil sóis, estrelas cadentes, fulgentes que em minha alma se acendem.

Abro o meu peito, feito de magia, enfeitado de letras e frases em que a loucura me banha o limiar dos sentidos, como se quisesse aqui prender-te toda a noite, na magia e no encanto destas frases que lês, re-lês e escutas como ecos distantes da minha própria voz.

Escrevo-te esta carta com o amor que ainda não temos, com a vontade que a vida nos nega mas que os sonhos permeia. Sentimo-nos nestes momentos, em que as folhas escritas por nós nos chegam, aconchegam o peito, e exaltam os corpos em paixões assoberbadas, noites caladas no silêncio dos gemidos, sentidos abertos, corpos perdidos. Imagino-me a entrar em ti, como se trespassasse o tempo, penetrando-te o corpo, e tu sentido-me dentro, como se fosse exactamente como te escrevo, com a intensidade de um verso, com a força de um parágrafo inteiro que te acaricia os seios e te transtorna a líbido em ondas de um prazer absoluto.

Esta é a carta que te deixo, aqui e agora, escrita numa linguagem ancestral que todos entendemos. O envelope onde te envio é a música que teus sentidos escutam, e ainda a noite vai alta quando me sentires chegar, para te abraçar com se fosse um livro onde te fecho dentro.

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Amarras Libertas



Tentei,

Tentei perceber como seria viver sem ti,

Tentei,

Tentei ir ao encontro de nós mas...

Não te encontrei !!!

Deixaste-me só,

Disseste-me, claramente, que havíamos chegado...

Ao fim da estrada !!!

Doeu,

E como doeu...

Foram dias, horas, meses...

Estava tão preso a ti,

Tão cego por ti ,

E nessa ansiedade,

Nessa ilusão,

Nessa doença, constante, de ti...

Só pensava na hora,

Em que estarias, comigo, novamente aqui!!!

Agora Deus meu...

Grito para o mundo...

ACORDEI !!!!!!!

Soltei-me,

Ganhei vida, amor próprio

E digo-te...

VAI EM PAZ!!!!!

Sê feliz, porque, agora consegui e

Já não quero, mais, saber se...

Alguma vez estiveste...

Verdadeiramente, aqui !!!


segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Estou aqui

Estou aqui...

Impressionante como tu me surpreendes...

Gostaria de saber mais de ti...

De me envolver mais ctg...

Mas no fundo, acho que pretendes evitá-lo... do que foges?

Para onde vais?

Serei uma ameaça assim tão grande?

Sei que estou aqui...

Sei que te posso fazer feliz...

Sei que estou pronto mas...

SERÁ QUE QUERES?

Essas tuas formas de ser e de estar baralham-me o sentidos...

Mas despertam-me uma vontade enorme de te encontrar...

Estou aqui e tu...?

TAMBÉM ESTARÁS?

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Eu...


Eu gostaria,

De ser diferente,
e de ser menos carente,
p'ra, quiça, me tornar mais envolvente!!

Eu gostaria,

De ter um meio,
Não, correndo o risco de ser, matreiro,
P’ra poder ganhar mais dinheiro!!!

Eu sei,

Que sou pobre,
mas d'alma e coração nobre,

E com isto, descobri...

Que sou feliz,
nesta minh’alma de petiz,
porque em nada se contradiz...
aos meus príncipios de raiz !!!

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Inspiração vs Escrita

A inspiração é obra.

A escrita é um dom que se torna uma obra!

A inspiração não é trabalhada... simplesmente flui...

A escrita não flui... torna-se uma consequência dum dom!!

Queiramos ou não, escrever, não é para todos

Já a inspiração essa mescla, vulgar de emoções, é universal!!

Eu, honestamente, sou daqueles que não escrevo...

Inspiro-me...

Escuto e vigio, a espaços, o que do meu interior emana...

E é nesses momentos em que paro e escuto...

Que, verdadeiramente, vivo e transmito...

O que de melhor, ou pior, existe em mim!!!

Ao Meu FIlho

Á precisamente 14 anos,

Foi o dia mais feliz da minha, quero crer ainda, curta existência…

Lembro-me como se fosse hoje,

Sim lembro…

Porque quem o vivencia, jamais o esquece…

Flashes, enchem-me a mente, á velocidade da luz…

Corri aquele corredor, da maternidade, vezes sem conta e em 20 minutos…

20 minutos apenas, que me pareceram uma eternidade tu chegaste…

E fizeste de mim o homem mais feliz do Universo…

Foi nesse dia, em que vieste ao mundo que senti o peso da responsabilidade...

Foi nesse dia que, cresci e me fiz homem…

Filho tu és…

O mais belo e doce dos meus pecados…

Aquele por quem, sempre, lutarei…

Aquele por quem, sempre, viverei…

Sem ti, tudo seria mais fácil mas, a vida não teria o sentido que tem…

Perdoa-me filho…

Por não dizer presente, hoje, neste TEU DIA…

Perdoa-me filho…

Por não ter sido, até agora, o pai que tanto precisas e mereces…

Em suma filho…

Perdoa esta alma…

Que te foi imposta, como pai, e que está…

Tão cheia de ausências, mágoas, frustações e situações mal resolvidas…

Mas tem a certeza, filho meu…

Que estás presente em mim todos os dias…

E que não tenho dúvidas que és, hoje e sempre, o meu…

BEM MAIS PRECIOSO !!!!!!

Do teu “Papi” aos 15/10/2008

PARTISTE

Partiste,

Sem que me tivesses deixado entrar em ti...

Partiste,

E não me permitiste, sequer, alimentar, qualquer esperança...

Nesta alma e coração de poeta...

Partiste,

Mas levaste, contigo, a certeza de que podes e deves ser feliz...

Partiste,

Partiste meu amor...

E em mim, apenas, deixas-te...

A ilusão de um momento !!!

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Na Noite




Domingo 19h42m,

O dia foi ótimo!

Talvez por ter sido diferente, se tenha tornado ótimo...

Ou talvez, tenha sido simplesmente...

Ótimo e Diferente!!!

A noite caiu á algum tempo, trazendo consigo, como sempre a solidão...

Nesse seu manto, escuro, procuro por mim...

E é nesta luta, diária, em que me encontro...

Que busco as forças para te resistir...

Não te reconheço e...

Não te quero!

SAI DE MIM !!!!

Leva ctg esta sensação de vazio, e de angústia, que me impões...

E permite a entrada, desse teu gémeo que me dá...

Sem nada impor...

A sensação de preenchimento e de gosto pela vida...

Acredito que te encontrarei...

Não és e nem serás nunca uma quimera...

Vou voltar a te encontrar...

Porque sei, que voltarei a ser...

Num determinado espaço e tempo...

O mesmo de sempre...

Quer seja NOITE ou DIA

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Insónia

Dou comigo sem conseguir dormir...

Nesta insónia maldita, acendo um cigarro para afastar do pensamento, esta fome de ti...

O meu corpo arde de desejo e, a minha alma voa...

Na direcção de duas almas que se entregam e de dois corpos que se amam...

Tudo isto...

Num compasso alucinante e sem medo dum...

AMANHÃ

Momentos

Todos nós somos feitos de momentos...

O momento em que os nossos pais nos idealizaram...

O momento em que nos geramos...

O momento em que nascemos...

O momento em que crescemos...

O momento em que sentimos o coração, disparar desalmadamente, na primeira de muitas paixões que temos...

O momento em que nos entregamos a alguém pela primeira vez...

O momento em que sentimos a primeira de, também, muitas decepções que vamos tendo...

Mas são esses momentos...

Quer sejam eles de alegria, de dor, de incredulidade, de querer, de poder e de outros tantos momentos...

Que se vai moldando o nosso verdadeiro “eu”!!!

São nesses momentos que se vão formando...

O carácter e... a personalidade de cada um de nós!!!

Façamos então de cada momento da nossa vida, uma fonte de aprendizagem e de crescimento pessoal...

Vejamos em cada momento a oportunidade de renascer, de melhorar porque é nesse encontro diário e constante de momentos...

Que aprendemos, verdadeiramente, a viver...

Porque são, na verdade, esses e os outros momentos que dão razão, de ser, ao nosso bem mais precioso...

O DOM DA VIDA!!!

Para Ti



Acabei de falar ctg e a sensação que fica é de vazio...

Sinto-me um barco á deriva como que sem rumo...

Remando contra um mar de angústias e incertezas...

Quero crer em nós...

Porque não quero deixar de acreditar...

Que é possível voltar a amar, com a mesma facilidade com que me magoei...

Mas as tuas dúvidas...

Esses teus tolos estados de espírito me assolam a mente...

Não!!! Não lutarei mais...

Estou e estarei aqui, continuo e continuarei disposto...

Prova-me que queres e por ti moverei montanhas...

Sempre no aqui e no agora !!!

NASA Image of the Day